twitter

IPCA recebe alunos oriundos de 10 países e 28 universidades

IPCA recebe alunos oriundos de 10 países e 28 universidades
Fotografia DR

Redação

Publicado em 13 de setembro de 2023, às 12:16

O acolhimento a estudantes em mobilidade foi realizado com várias iniciativas.

O Insituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em Barcelos, informou esta terça-feira que já começaram a chegar os primeiros estudantes de mobilidade que selecionaram a instituição para estudar no primeiro semestre de 2023/2024. O IPCA recebe mais de meia centena de estudantes, provenientes de 28 universidades de cerca de 10 países.

O acolhimento aos estudantes de mobilidade está a ser realizado em vários momentos integrados na semana de orientação dinamizada pelas Relações Internacionais do IPCA, que decorre de 11 a 19 de setembro.

Os estudantes tiveram já oportunidade de conhecer o Campus de forma dinâmica no Peddy Paper que realizaram ontem e que terminou com um convívio ao sabor do mais tradicional doce português, o pastel de nata. Os estudantes foram esta terça-feira recebidos pela vice-presidente para a Internacionalização, Comunicação e Cultura, Paula Tavares, numa sessão informativa que contou com a presença da Chair do Student Council da RUN-EU, Ana Rita Freitas e da Presidente da Erasmus Student Network (ESN), Sofia Barros, assim como representantes da Associação Académica do IPCA.

Neste 1.º semestre, o IPCA irá receber acima de meia centena de estudantes, provenientes de 28 universidades de cerca de 10 países, como Itália, Brasil, Polónia, Lituânia, Espanha, Hungria Roménia e Turquia entre outros. O Programa de Orientação é realizado todos os semestres para dar a conhecer o IPCA aos novos estudantes de mobilidade, fornecendo-lhes toda a informação relevante de forma a facilitar a sua estada e o processo de integração académica.

Alinhada com a estratégia e missão da instituição para os próximos anos, a internacionalização do IPCA continua em crescimento, com a aprovação da candidatura a novo financiamento da Universidade Europeia Regional University Network (RUN-EU), agora alargada a nove parceiros europeus, juntamente com três novos projetos no âmbito das Ações-Chave 131 e 171 do Programa Erasmus+. Nas palavras da presidente do IPCA, Maria José Fernandes, o incremento da participação em projetos europeus e atividades de dimensão mundial «tem contribuído para uma instituição cada vez mais internacional e inclusiva». O crescimento que tem repercussões claras na vida académica e no futuro dos estudantes.