twitter

Viana do Castelo acolhe 500 pessoas de todo o mundo para o Ubuntu Fest

Viana do Castelo acolhe 500 pessoas de todo o mundo para o Ubuntu Fest
Fotografia DR

Redação

Publicado em 17 de julho de 2023, às 16:28

Até amanhã, mais de meio milhar de pessoas estão reunidas em Viana do Castelo para a “celebração de Mandela e do seu legado de Esperança e Amor à Humanidade”.

O Ubuntu Fest Viana do Castelo centra as suas ações no Instituto Politécnico de Viana do Castelo com workshops, debates, partilhas de resultados e estudos, momentos musicais, jornadas científicas e muitas outras atividades.

O Ubuntu Fest Viana do Castelo conta com a presença de mais de 400 estudantes, oriundos de 44 escolas, distribuídas por 34 concelhos, de norte a sul do país.

Esta segunda-feira, o Presidente da Câmara Municipal, Luís Nobre, marcou presença na cerimónia de abertura e destacou a “energia positiva” do evento. Dando as boas-vindas às centenas de participantes, o autarca disse esperar que esta iniciativa permita “criar lanços, criar pontes, definir estratégias e projetos” em prol da comunidade.

“O vosso projeto é o melhor projeto, o vosso clube é o melhor clube do mundo, mas também vieram à melhor cidade do mundo”, indicou Luís Nobre, referindo que Viana do Castelo tem sido construída “com a ajuda de todos os agentes”, destacando o papel da comunidade educativa que é também um dos alicerces do Ubuntu Fest.

O Presidente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Carlos Rodrigues, referiu que, por estes dias, participam na iniciativa mais de 400 jovens e professores e mais de 100 convidados com uma missão que vai ao encontro dos objetivos do IPVC, que pretende “a formação completa e plena dos seus estudantes”.

Já o Presidente do Instituto Padre António Vieira, Rui Marques, realçou “a magnífica cidade que acolheu os líderes Ubuntu com o calor que as gentes do Minho sempre colocam nas suas receções”.

Também o Diretor Geral de Educação, Pedro Cunha, frisou o facto de este ser “o maior e melhor clube do mundo, onde ninguém perde e todos ganham”.

Nesta iniciativa, os dias são preenchidos com workshops, debates, partilhas de resultados e estudos, momentos musicais, jornadas científicas e um sem-número de outras atividades que vão permitir que os participantes possam descobrir Viana do Castelo, as suas tradições, mitos e rituais. Folclore e arraial minhoto, construção de cabeçudos, símbolos de Viana do Castelo em croché, danças criativas ou a elaboração de nós marítimos e tapetes de flores serão apenas algumas das atividades que irão permitir aos mais de 500 participantes dar um salto e mergulhar na cultura do Alto Minho.

Este momento de celebração da unidade, da inovação e do espírito Ubuntu é organizado pelo Instituto Padre António Vieira (IPAV), em parceria com o Politécnico de Viana do Castelo.