twitter

Liga dos Bombeiros solicita medidas para mitigar efeitos do custo dos combustíveis

Liga dos Bombeiros solicita medidas para mitigar efeitos do custo dos combustíveis
Fotografia

Publicado em 05 de março de 2022, às 14:17

A LBP sublinha ainda que «tais desequilíbrios são potenciados pelo não cumprimento dos prazos de pagamento definidos em norma geral ou previstos na contratualização desses serviços».

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) solicitou à Secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar e ao secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, uma reunião com caráter de urgência para encontrar medidas de mitigação dos efeitos financeiros desastrosos provocados pela escalada dos preços dos combustíveis. «A LBP alertou também o presidente da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), brigadeiro-general José Duarte da Costa, para as dificuldades operacionais que o efeito financeiro da subida dos preços dos combustíveis vai causar, tendo em conta as depauperadas finanças das Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários», lê-se em nota de imprensa enviada às redações. Com a subida de preços já registada e o seu previsível agravamento, em consequência direta da conjuntura global, a LBP afirma que «estão a degradar-se ainda mais rapidamente as condições financeiras em que os diversos Corpos de Bombeiros prestam serviços de transporte de doentes ao abrigo dos acordos e protocolos assinados com as várias entidades da saúde, designadamente com as Administrações Regionais de Saúde e o INEM». A LBP sublinha ainda que «tais desequilíbrios são potenciados pelo não cumprimento dos prazos de pagamento definidos em norma geral ou previstos na contratualização desses serviços». Por outro lado, a LBP entende que o Governo que estabeleceu para o setor dos transportes públicos e profissionais formas concretas de ajuda financeira em matéria de despesas com combustíveis, não tenha implementado medidas especiais para as Associações Humanitárias e Corpos de Bombeiros no sentido de atenuar o fortíssimo impacto que o aumento do preço dos combustíveis tem na sua atividade diária.  
Autor: Redação / NC