twitter

Audição parlamentar do presidente demissionário do INEM aprovada por unanimidade

Audição parlamentar do presidente demissionário do INEM aprovada por unanimidade
Fotografia DR

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 10 de julho de 2024, às 10:50

Sobre a polémica com os helicópteros de emergência médica

A comissão parlamentar de Saúde aprovou hoje por unanimidade a audição com caráter de urgência do presidente demissionário do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) sobre a polémica com os helicópteros de emergência médica.

O requerimento para a audição do presidente demissionário do INEM, Luís Meira, tinha sido apresentado pelo PS, que pedira também para ouvir a ministra da Saúde para esclarecer “posições contraditórias e conflituantes” sobre a compra de helicópteros de emergência médica.

O pedido de audição da ministra da Saúde, Ana Paula Martins, acabou por não ser votado porque a ministra é hoje ouvida na comissão de Saúde, pelo que os partidos pretendem questioná-la já hoje sobre o tema dos helicópteros do INEM.

Luís Meira demitiu-se no dia 01 de julho na sequência de uma troca de acusações sobre o concurso para o serviço de transporte aéreo de doentes.

Na véspera, o Ministério da Saúde tinha criticado o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) por ter deixado terminar o prazo para o lançamento do concurso público internacional para aquisição de helicópteros, obrigando a novo ajuste direto.

Em resposta, o INEM garantiu que iria "assegurar a continuidade do serviço de helicópteros de emergência médica através de um novo contrato estabelecido com o atual operador, dentro do valor autorizado pelo anterior Governo em outubro de 2023".