twitter

Proteção Civil avisa para possíveis inundações e deslizamentos de terras

Proteção Civil avisa para possíveis inundações e deslizamentos de terras
Fotografia DR

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 15 de outubro de 2023, às 16:18

A ANEPC pede a “adoção de comportamentos adequados” para prevenir consequências do mau tempo.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) emitiu um aviso à população face às previsões de mau tempo para os próximos dias. Alerta para a possibilidade de inundações urbanas, cheias e deslizamentos de terras.

No aviso, a ANEPC pede a “adoção de comportamentos adequados” para prevenir consequências do mau tempo, nomeadamente a desobstrução dos sistemas de escoamento de águas, fixação de estruturas soltas, cuidado na circulação junto a árvores, pela possibilidade de queda de ramos devido ao vento, evitar circular junto à orla costeira e zonas ribeirinhas, não praticar atividades relacionadas com o mar, adotar uma condução defensiva e não atravessar zonas inundadas.

14 dos 18 distritos de Portugal Continental vão estar sob aviso amarelo devido às previsões de chuva e vento a partir da meia-noite de segunda-feira, anunciou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Num comunicado divulgado este domingo, o IPMA também colocou sob aviso amarelo devido à possibilidade de períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes, os distritos de Braga, Viana do Castelo e Vila Real entre as 12h00 e as 18h00 de segunda-feira.

De acordo com o IPMA, o aviso amarelo, o menos grave de uma escala de três, é emitido sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica. O aviso amarelo para o distrito de Lisboa é válido na terça-feira entre a meia noite e as 12h00, devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada e vento forte do quadrante sul, com rajadas até 75 km/h, sendo até 100 km/h nas serras.

Pelas mesmas condições climatéricas, o IPMA colocou avisos amarelos para Braga, Viana do Castelo e Vila Real, mas que são válidos entre a meia noite e as 18h00 de terça-feira. Para Bragança, Viseu, Porto e Aveiro, os avisos amarelos por precipitação e vento são válidos entre a meia noite e as 18h00 de terça-feira.

Para o distrito de Santarém, o IPMA emitiu um aviso amarelo por precipitação válido na terça-feira entre a meia noite e as 18h00 e outro por vento, válido entre a meia noite e as 18h00. O distrito de Leiria também tem dois avisos amarelos a partir da meia noite de terça-feira, um por precipitação até às 12h00 e outro por vento até às 18h00. Castelo Branco tem dois avisos amarelos a partir da meia noite0 de terça-feira, um por vento válido até às 18h00 e outro por precipitação até às 15h00.

Como a maioria dos outros distritos, o de Coimbra tem um aviso amarelo por vento até às 18h00 e outro por chuva até às 15h00. Na terça-feira, o distrito da Guarda tem um aviso amarelo por vento entre a meia noite de as 18h00 e outro por precipitação entre as 3h00 e as 18h00. O distrito de Setúbal tem só um aviso amarelo, por vento, entre a meia noite e as 12h00 de terça-feira.

O mau tempo que já se fez sentir na noite de sexta-feira e madrugada de sábado no norte do país provocou 294 ocorrências, incluindo 223 inundações em habitações e estradas. Inundações em casas, restaurantes, elevadores e garagens, deslizamentos de terras e quedas de estruturas e árvores foram as principais ocorrências registadas.