twitter

Vagões de comboio atirados ao rio

Vagões de comboio atirados ao rio
Fotografia

Publicado em 04 de agosto de 2020, às 16:19

Atentando ambiental.

Em choque. É desta forma que está a população da Galiza, e restante Espanha, após ter sido denunciada ação em Ourense através de vídeos que mostram vagões ferroviários serem lançados ao rio Sil em Carballeda, por parte da Administradora de Infraestrutura Ferroviárias (ADIF)
De acordo com o jornal Quincemil, todos já falam em atentado ambiental.

#ADIF VIERTE AL RÍO SIL LOS VAGONES DESCARRILADOS Vídeo 1 Carballeda (#Ourense) @mariaduran1987 @pgsarria @lavozdegalicia @ELPAISGalicia @abc_es @larazon_es @arboresdalimia @LaRegion @greenpeace_esp @ADEGAgz @historiaGAL @xeografo @GFAugasGalicia @LaVanguardia @perezalberti47 pic.twitter.com/Eq282BhWBZ

— MaltratodaPaisaxe (@MaltratoPaisaxe) August 3, 2020
Os vagões são lançados por uma ribanceira a baixo rumo ao rio. Segundo o jornal Quincemil, os vagões pertencem «a um comboio que descarrilou recentemente». Contactada por este jornal, a ADIF referiu que «na impossibilidade de retirar os vagões devido à complexidade dos trabalhos, foi necessários removê-los daquele forma».  

Personal técnico de ADIF “con el polvo que hay ya no ves nada” -vagones con grasa, amianto y valvulina en el Río Sil-@Antena3Galicia @TVGalicia @GxDRadioGalega @pgsarria @informativost5 @lemondefr @Corriere @ELPAISGalicia @EPGalicia @lavozdegalicia @greenpeace_gal @WWFespana pic.twitter.com/bmcpahSGuW

— MaltratodaPaisaxe (@MaltratoPaisaxe) August 4, 2020

Autor: Nuno Cerqueira