twitter

ONU confirma morte de pelo menos 726 civis em 20 dias de guerra

ONU confirma morte de pelo menos 726 civis em 20 dias de guerra
Fotografia

Publicado em 16 de março de 2022, às 16:11

Entre os mortos, há pelo menos 104 mulheres e 52 crianças.

A guerra na Ucrânia fez pelo menos 726 mortos e 1.174 feridos entre a população civil nos primeiros 20 dias de combates, indicou hoje o Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos.

A agência da ONU sublinhou que estes são os números dos casos já confirmados, mas que o número real de vítimas da invasão russa da Ucrânia deverá ser muito superior.

Entre os mortos, há pelo menos 104 mulheres e 52 crianças, ao passo que no balanço de feridos foram contabilizadas pelo menos 77 mulheres e 63 menores de idade, segundo os números diariamente atualizados pelo organismo dirigido por Michelle Bachelet.

Nas regiões separatistas de Donetsk e Lugansk (tanto em zonas pró-russas como controladas pelas autoridades ucranianas), foram confirmadas 186 mortes, e as outras 540 foram-no em áreas sob o controlo de Kiev no resto da Ucrânia, incluindo a capital e cidades como Kherson, Mikolaiv, Odessa, Sumy, Zaporiyia, Dnipropetrovsk e Kharkiv.

O Alto-Comissariado teme que ataques noutras zonas que ainda não puderam ser verificados, entre os quais os ocorridos em cidades cercadas como Izium, Mariupol e Volnovakha, possam ter feito centenas de baixas.

A maioria das vítimas morreu ou sofreu ferimentos em ataques com engenhos explosivos de grande alcance, incluindo bombardeamentos com artilharia pesada e sistemas múltiplos de lançamento de ‘rockets’, salientou o organismo da ONU.


Autor: Redação/Lusa