twitter

Comissão Europeia quer aumentar prevenção de certos cancros pela vacinação

Comissão Europeia quer aumentar prevenção de certos cancros pela vacinação
Fotografia Pexels

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 31 de janeiro de 2024, às 11:43

A Comissão Europeia quer aumentar a prevenção pela vacinação de infeções virais que podem causar cancro, promovendo as vacinas contra o papilomavírus humano (HPV), nomeadamente nos rapazes, e o vírus da hepatite B (HBV).

 

As recomendações aos Estados-membros hoje divulgadas têm como meta aumentar as taxas nacionais de vacinação contra o HPV e o HBV, sendo que em alguns países está muito aquém das metas traçadas, e integrá-las nas medidas de prevenção do cancro.

O executivo comunitário quer reforçar os esforços nacionais para se chegar, em 2030, a uma taxa de vacinação de pelo menos 90% das adolescentes e pré-adolescentes e aumentar a dos rapazes, no que respeita ao HPV, propondo a vacinação em escolas.

Este vírus pode causar cancro do colo do útero, vulvar, vaginal, peniano e também determinados cancros da cabeça e pescoço.

No que respeita ao HBV, cuja infeção pode causar cirrose e cancro do fígado, Bruxelas adianta que devem ser alcançados os objetivos da Organização Mundial de saúde de se chegar, até 2030, a uma cobertura vacinal (três doses) de 95% nas crianças, de 95% de mulheres grávidas rastreadas e 95% de recém-nascidos a receberem a vacina.

A Comissão Europeia quer ainda que estas vacinas sejam gratuitas ou totalmente reembolsáveis e facilmente acessíveis aos grupos-alvo e populações vulneráveis ou de alto risco.