twitter

Salvador sobre a saída de Artur Jorge: «É um desfecho que não desejávamos»

Salvador sobre a saída de Artur Jorge: «É um desfecho que não desejávamos»
Fotografia DR

José Costa Lima

Jornalista

Publicado em 03 de abril de 2024, às 12:48

Treinador vai para o Botafogo

Apenas poucas horas depois de anunciar a saída de Artur Jorge, que vai para o Botafogo, o presidente do Sporting de Braga admitiu que não esperava que o treinador deixasse o clube neste momento, e justificou ao lembrar que o contrato foi renovado há poucos meses.

"É um desfecho que não desejávamos, mas cujo enquadramento devo partilhar, sobretudo para informação dos nossos sócios e adeptos. Quando, no dia 10 de novembro do ano passado, acertámos a renovação de contrato com o Artur Jorge até 2025, tínhamos o objetivo de dar continuidade a uma ligação que nos unia desde 2017 e que nos permitiu desenvolver um trabalho conjunto que foi desde os escalões de formação até à equipa principal", disse António Salvador esta quarta-feira, em conferência de imprensa.

No entanto, o presidente referiu que a mensagem de grande confiança e estabilidade era a sua intenção, e queria fazê-lo com clareza.

"Não ignoro que houve, nos meses que se seguiram, focos externos de insatisfação, pressão e contestação, que internamente sempre soubemos bloquear, por estarmos convictos do caminho traçado.

Salvador falou ainda sobre a cláusula de rescisão de 10 milhões de euros de Artur Jorge, e se sentia que o treinador não tinha a cabeça no clube

"A partir do momento em que acerta um contrato à revelia do clube não tinha condições para continuar, mesmo aos olhos do próprio grupo, e restou-me defender os interesses do clube".

O presidente também anunciou a contratação de Daniel Sousa, do Arouca, adversário deste fim de semana, mas só para a próxima época. O escolhido para terminar a temporada é Rui Duarte, comandante dos sub-23.

"Temos, felizmente, profissionais muito competentes dentro de portas e o passado assim o confirma. O Rui Duarte vinha fazendo um percurso muito meritório nos sub-23, tendo também comandado a equipa que competiu na Youth League a um nível que orgulhou o clube e o futebol português", disse Salvador.

"Terá todo o nosso apoio para estas sete jornadas finais, mas acima de tudo terá o suporte de um grupo de trabalho sério e responsável, que tem muita qualidade e que está focado a 100% para alcançar a melhor classificação possível no campeonato. Estou certo de que também os nossos sócios e adeptos serão, mais uma vez, um apoio decisivo para que a equipa alcance os seus objetivos e que estarão incondicionalmente ao lado dos jogadores nas sete finais que temos pela frente", concluiu.

Daniel Sousa termina o seu contrato com o Arouca no fim desta época, pelo que o Braga não vai precisar realizar uma compensação financeira pelo treinador.

"Tentámos tudo para que ele assumisse já o comando. O Arouca pediu um milhão de euros para fazer sete jogos, ficou o registo, respeitámos, mas não perdemos a oportunidade de negociar o contrato feito ontem à noite.