twitter

Artur Jorge: «Não é resposta a nada mas sim um jogo que ganhámos bem»

Artur Jorge: «Não é resposta a nada mas sim um jogo que ganhámos bem»
Fotografia SC Braga

Publicado em 27 de fevereiro de 2024, às 11:18

SC Braga volta a entrar na corrida por um lugar no pódio.

Artur Jorge destacou o bom jogo feito pelo SC Braga ontem no estádio do Bessa e não considerou a goleada uma resposta ao momento de instabilidade que estava a ser vivido.

«Não, não é resposta a nada, é apenas um jogo que ganhámos, ganhámos bem, de forma justa. Fomos uma equipa dominadora, coesa, unida e conseguimos aquilo que era o nosso principal objetivo que era ganhar. Ganhámos bem e o mérito vai todo para os jogadores, que se apresentaram de forma personalizada neste jogo», referiu o treinador dos arsenalistas à flash interview da Sport TV.

O facto de a equipa não ter consentido golos foi também valorizado pelo técnico, embora a conquista dos três pontos que estavam em jogo fosse aquilo que Artur Jorge mais destacou. «Importante é ganhar e ganhámos aqui bem com grande mérito, personalidade e de forma clara».

O responsável pelos arsenalistas teve ainda uma palavra para os adeptos do clube que apoiaram ontem a equipa no estádio do Bessa. «Obrigado aos adeptos que aqui vieram para nos apoiar e também aos que não puderam vir mas que ficaram satisfeitos com este triunfo», disse.

Relativamente aos objetivos traçados até final da época, Artur Jorge diz haver ainda muito para ganhar. «É importante continuar a ganhar, temos 11 jogos para dar o nosso melhor. O objetivo e ambição passa por isso».

Jorge Couto: «Devíamos ter feito mais»

O técnico-adjunto do Boavista, Jorge Couto, dise que a sua equipa «deveria ter feito mais» no jogo de ontem. «O jogo foi equilibrado até termos sofrido o primeiro golo. Fomos intensos se competitivos até aos 40 minutos. A partir daí perdemos o controlo emocional e sofremos o segundo logo de seguida. Na segunda parte, o SC Braga pela qualidade individual e coletiva que tem, conseguiu aumentar a vantagem, deveríamos ter feito mais e melhor», disse.