twitter

Álvaro Pacheco quer Vitória SC capaz de “fazer as coisas acontecer” ante o Chaves

Álvaro Pacheco quer Vitória SC capaz de “fazer as coisas acontecer” ante o Chaves
Fotografia DR

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 27 de outubro de 2023, às 14:17

O técnico disse ainda que a equipa deve ser séria e comprometida.

O treinador do Vitória SC, Álvaro Pacheco, disse esta sexta-feira que os minhotos devem ser sérios, comprometidos e “fazer as coisas acontecer” para vencerem o Desportivo de Chaves, para a nona jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Depois dos triunfos fora de portas sobre o Famalicão (3-1), para o campeonato, e sobre o Moncarapachense (3-1), para a Taça de Portugal, o técnico vai-se estrear ao leme dos vimaranenses no Estádio D. Afonso Henriques, num jogo que assume especial por isso, embora a prioridade seja a de apresentar uma equipa com foco no que deve fazer e capaz de “controlar os pormenores”. “O que pretendo é ver um Vitória a crescer, uma equipa comprometida, com atitude, a jogar apaixonadamente. Uma equipa focada em fazer as coisas acontecer, determinada e ambiciosa. Queremos lutar para vencer, focar-nos no que nos vai ajudar a ganhar. Temos de acreditar no que podemos fazer”, disse, na antevisão ao desafio marcado para as 18h00 de sábado.

Agradado com “o foco e a agressividade” que viu nos primeiros 30 minutos do jogo da ‘prova rainha’ frente à equipa do Campeonato de Portugal, no Estádio do Algarve, o ‘timoneiro’ vitoriano quer ver esses atributos reproduzidos no embate com os transmontanos, com os jogadores cientes de que o principal objetivo é o quarto triunfo consecutivo em jogos oficiais. “O grande objetivo quando se trabalha é ter resultados positivos. Os resultados positivos têm surgido pelo nosso desempenho. O mais importante é o que fizemos nesta semana, o compromisso nos dias de treino para o que queremos: a quarta vitória seguida. A forma como trabalhamos leva-me a crer que será um grande jogo, em que podemos conquistar os três pontos”, acrescentou.

Convencido de que o Vitória deve reforçar o “cordão umbilical” com os adeptos através do futebol que exprime, o técnico alertou que a equipa flaviense está “mais compacta e sólida” desde que Moreno assumiu o cargo de treinador em 21 de setembro, tendo somado dois triunfos e um empate em três jogos para a I Liga, depois de um arranque com cinco derrotas consecutivas. “É uma equipa que, nos últimos jogos, vem assimilando o seu processo [de Moreno], que está mais compacta e sólida e que, se for capaz de mandar no jogo e de o levar para as zonas de conforto, é muito competitiva e complicada”, assinalou.

Álvaro Pacheco reconheceu ainda “a bonita ligação” de Moreno ao Vitória de Guimarães, clube que representou por 11 temporadas enquanto futebolista sénior e no qual foi treinador da equipa principal entre julho de 2022 e agosto de 2023, mas recusou que o facto de o treinador do Chaves conhecer muito bem os vimaranenses e os seus jogadores possa influenciar o curso do jogo.

O Vitória SC, quinto classificado da I Liga portuguesa, com 16 pontos, recebe o Desportivo de Chaves, 14.º, com sete, em desafio marcado para as 18h00 de sábado, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, com arbitragem de Fábio Veríssimo, da associação de Leiria.