twitter

Artur Jorge: «Nunca esteve em causa a nossa superioridade»

Artur Jorge: «Nunca esteve em causa a nossa superioridade»
Fotografia SC Braga

Publicado em 20 de outubro de 2023, às 10:04

Artur Jorge disse que o SC Braga «cumpriu o objetivo sem ter feito uma grande exibição».

Artur Jorge destacou a seriedade com que os seus jogadores abordaram este jogo e sublinhou «o objetivo cumprido» apesar de ter também considerado que a exibição não atingiu os patamares já vistos nesta temporada.

«Uma abordagem séria da nossa parte e só dessa forma poderia ser, tendo em conta aquilo que é o jogo em si e esta competição. O objetivo foi alcançado, sem uma grande exibição, é verdade, mas conseguida com um golo em cada uma das partes e nunca esteve em causa o nosso domínio, nem a nossa superioridade. Acabámos por ganhar o jogo, que era esse o nosso principal objetivo», referiu no final da partida. O responsável técnico dos arsenalistas falou também das alterações feitas no onze com o sentido de dar mais tempo de utilização a jogadores que tinham menos minutos nesta temporada. «Tivemos a oportunidade de dar mais tempo a jogadores que têm jogado menos, termos estreado o Diogo Fonseca na equipa principal, termos visto a reaparecer o Djibril e o Roger. Dentro daquilo que era uma exibição e abordagem que queríamos sérias, termos a oportunidade de termos jogadores com mais tempo de jogo, tendo em vista o ciclo de jogos que vamos ter nesta fase da época».

Víctor Gómez em dúvida para o Real Madrid

Artur Jorge abordou também a situação de Victor Gómez, ainda a recuperar de uma lesão, que o colocar em dúvida para a receção ao Real Madrid. «Vítor Gómez é o único caso que nos preocupa, mas temos alguns dias pela frente para perceber. Hoje foi importante contar com algum tempo de jogo do Ricardo Horta porque vamos ter um mês de grande exigência. Uma palavra também para o nossos adeptos que vieram aqui apoiar em condições climatéricas adversas».

Arlindo Gomes destaca aplausos dos adeptos do SC Braga à equipa do Rebordosa

Arlindo Gomes, técnico do Rebordosa, referiu que a sua equipa «merecia ter marcado um golo» e destacou os aplausos que os adeptos do SC Braga presentes no estádio dispenderam à equipa do Rebordosa no final do jogo. «Fiquei muito satisfeito por os adeptos do SC Braga, no final, terem aplaudido o nosso grupo de trabalho. O golo sofrido cedo e a expulsão condicionaram a nossa prestação, mas em determinadas alturas da segunda parte não se notou que estávamos com menos um. Acho que merecíamos ter marcado um golo», disse.