twitter

«Temos potencial para cometer menos erros»

«Temos potencial para cometer menos erros»
Fotografia DM

José Costa Lima

Jornalista

Publicado em 07 de outubro de 2023, às 11:38

SC Braga recebe hoje o Rio Ave (18h00) e procura terceira vitória seguida na I Liga

  Artur Jorge quer somar nova vitória depois do triunfo épico em Berlim, para a Liga dos dos Campeões. De volta ao modo interno,o SC Braga defronta na Pedreira um antepenúltimo classsificado Rio Ave «que vale mais do que a classificação reflete», e o treinador espera uma equipa arsenalista com uma abordagem «séria» à partida da 8.ª jornada e que se realiza no Municipal de Braga (18h00).

«Ainda hoje [ontem], antes do treino, conversei com a equipa e falei nos dois pontos que considero importantes. O de podermos ter uma abordagem emocional, competitiva e séria com o Rio Ave para dar continuidade [à sequência de vitórias], para crescermos e termos vitórias como as que tivemos para alimentar o ego. Mas também temos de nos colocar no lugar certo, para não cometermos o erro de escolher jogos na nossa abordagem [mais séria]. O segundo ponto tem que ver com os erros. Fizemos coisas muito boas, estamos no 13.º jogo e acredito que temos potencial para fazer mais e melhor, evoluir e deixar de cometer erros que ainda cometemos, de olharmos para a frente. Temos muitos jogos e quero que a equipa possa ser muito competitiva em todos eles. Quero ganhar e, depois de ganhar, mais vontade tenho», assegurou o treinador do SC Braga.

«Temos o objetivo de ganhar e dar sequência ao bom jogo e da vitória moralizadora que obtivemos, relembrando que vimos de duas vitórias seguidas [na Liga. A equipa está confiante, com sentido de missão grande e é esse claramente o nosso objetivo [o de vencer]. O Rio Ave é uma das boas equipas, tem cinco pontos, mas fez provavelmente mais do que a pontuação reflete. Temos de olhar com a máxima atenção e respeito para sermos mais fortes, até porque o Rio Ave vem a Braga jogar para ganhar», acrescentou, fechando com elogios ao plantel.  «Temos 13 jogos oficiais e apenas uma vez repeti o onze. Isto é significativo da capacidade que temos nas escolhas, felizmente, com um desempenho que me agrada».