twitter

Miguel Oliveira sobe um lugar no Mundial de MotoGP

Miguel Oliveira sobe um lugar no Mundial de MotoGP
Fotografia DR

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 10 de setembro de 2023, às 16:56

Terminou em sexto lugar no GP San Marino

O piloto português Miguel Oliveira (Aprilia) subiu hoje um lugar no Mundial de MotoGP, para 13.º, depois de ter sido sexto classificado na corrida principal do Grande Prémio de San Marino.

Oliveira concluiu as 27 voltas ao traçado de Misano a 12,274 segundos do vencedor, o espanhol Jorge Martin (Ducati), que deixou o italiano Marco Bezzecchi (Ducati) no segundo lugar, a 1,350 segundos, com o campeão mundial Francesco Bagnaia (Ducati) em terceiro, a 3,812.

O pódio de hoje foi a repetição do da corrida sprint, de sábado, num fim de semana perfeito para Jorge Martin, que fez a ‘pole’, recorde do circuito e vitória nas duas corridas, o que lhe permitiu recuperar 14 pontos ao líder do campeonato, Francesco Bagnaia.

“Foi um grande murro na mesa. Esperava que tanto o Marco [Bezzecchi] como o [Francesco] Bagnaia tivessem um pouco mais do que ontem [sábado], mas não me rendi em nenhum momento”, disse o piloto madrileno, que conseguiu o seu primeiro ‘hat trick’, com pole, vitória na sprint e na corrida.

O piloto espanhol da equipa Pramac liderou da primeira à última volta, tal como na véspera, levando na roda ‘Pecco’ Bagnaia.

O italiano pareceu mais forte do que na véspera, mas as debilidades físicas (sofreu uma aparatosa queda há uma semana, na Catalunha) fizeram-no baixar  o ritmo a oito voltas do final, perdendo o segundo lugar para Bezzecchi.

No quarto lugar seguiu sempre o espanhol Dani Pedrosa (KTM), piloto de testes da marca austríaca que correu nesta prova como convidado e acabou por ser o melhor da equipa oficial. Um resultado ainda mais significativo para um piloto que terminou a carreira a tempo inteiro em 2018, quando deixou a equipa oficial da Honda.

Pedrosa é mesmo o mais bem sucedido piloto dos que nunca foram campeões de MotoGP (foi campeão de 125cc e 250cc).

Já Miguel Oliveira, que partiu do 10.º lugar, saltou para sétimo no arranque, ganhou um lugar com a queda do sul-africano Brad Binder (KTM), que viria a perder pouco depois, ao ser ultrapassado pelo espanhol Marc Márquez (Honda).

No entanto, o piloto natural de Almada voltou a recuperar o sexto lugar em que viria a cortar a meta.

Com estes resultados, Bagnaia mantém a liderança do campeonato, com 283 pontos, mas agora com 36 de vantagem sobre Jorge Martin, que tem 247.

Miguel Oliveira subiu de 14.º ao 13.º lugar, com 65 pontos, a três do 12.º, o italiano Franco Morbidelli (Yamaha).

A próxima ronda disputa-se de 22 a 24 de setembro, com a estreia do GP da Índia.