twitter

António Miguel Cardoso promete Vitória SC “com responsabilidade” para vencer na Eslovénia

António Miguel Cardoso promete Vitória SC “com responsabilidade” para vencer na Eslovénia
Fotografia Vitória SC

Agência Lusa

Agência noticiosa

Publicado em 26 de julho de 2023, às 17:25

O Vitória de Guimarães viaja esta quarta-feira para a cidade eslovena de Maribor.

O presidente do Vitória SC, António Miguel Cardoso, prometeu uma uma equipa “com responsabilidade” e motivada para vencer os eslovenos do Celje, na primeira mão da segunda pré-eliminatória da Liga Conferência Europa de futebol, na quinta-feira.

Na véspera do primeiro jogo oficial da temporada 2023/24, o dirigente frisou que os vimaranenses estão “ansiosos por começar a competir oficialmente” e mostrou-se “confiante e otimista” quanto ao desempenho da equipa treinada por Moreno na viagem à Eslovénia, apesar de ser preciso “lutar para que as coisas corram bem”. “Vamos com muita responsabilidade, vamos levar as coisas muito a sério, vamos para a Eslovénia para trabalhar e para ganhar a eliminatória [que se conclui em 03 de agosto, com a segunda mão, em Guimarães]”, disse, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, localizado no concelho da Maia, antes do voo que vai transportar os vitorianos para a Eslovénia.

Sextos classificados da I Liga portuguesa de futebol em 2022/23, os minhotos têm de vencer a segunda pré-eliminatória, a eventual terceira pré-eliminatória e ainda o ‘play-off’ até 31 de agosto para atingirem a fase de grupos da prova da UEFA, pelo que o objetivo exige um “agosto complicado”, para o qual a equipa está motivada. "O ideal era estar diretamente na fase de grupos, mas não é assustador. Temos uma equipa convicta daquilo que vale, estamos cheios de energia para jogar. Vamos ter um mês de agosto complicado, mas o importante é tê-lo complicado. Isso quer dizer que vamos passando eliminatórias. Estamos com saudades dos jogos oficiais, e, por isso, a motivação está ao máximo”, acrescentou.

António Miguel Cardoso vincou, contudo, que é preciso encarar a competição “passo a passo” e pediu “máximo respeito” pelo adversário de quinta-feira, vice-campeão da Eslovénia, agora treinado por Albert Riera, campeão daquele país na época transata pelo Olimpija Ljubljana.

Agradado com a pré-época, o dirigente salientou ainda que o clube vitoriano está “muito unido”, desde a massa adepta à equipa, passando pela equipa técnica e pela administração da SAD, tendo enaltecido a sintonia com o treinador, Moreno. “No ano passado, tivemos alguns momentos conturbados no início da época. Neste ano, planeámos as coisas de outra forma. O Moreno está connosco desde o início. Estamos completamente alinhados no projeto do Vitória, muito satisfeitos com o que está a ser feito”, vincou.

O Vitória de Guimarães viaja esta quarta-feira para a cidade eslovena de Maribor, deslocando-se posteriormente 80 quilómetros para sudoeste, rumo a Celje, onde joga no Estádio Z’dezele, na quinta-feira. Se vencer a segunda pré-eliminatória, a equipa lusa defronta, na terceira pré-eliminatória, o vencedor da ronda entre o Balzan, de Malta, e o Neman Grodno, da Bielorrússia, a 10 e 17 de agosto.