twitter

Homem de Braga roubou 200 mil euros em jóias

Homem de Braga roubou 200 mil euros em jóias
Fotografia

Publicado em 04 de fevereiro de 2023, às 13:40

Para além do homem de 43 anos, foram identificados outros três cidadãos e apreendidos centenas de itens de joalharia e relojoaria.

Um homem de Braga foi esta sexta-feira constituído arguido por suspeita de ser autor de um furto a uma ourivesaria na Póvoa de Varzim, em junho de 2022. De acordo com o Comando Metropolitano do Porto da PSP, para além do bracarense, de 43 anos, foram identificados outros três cidadãos e apreendidos centenas de itens de joalharia e relojoaria. O valor total da apreensão aproxima-se dos 200 mil euros, aos quais se juntam 3 mil euros em dinheiro. A PSP afirma que a constituição como arguido do homem de 43 anos foi o "culminar" de várias intervenções em Braga, Amares e na Trofa. “De referir que uma parte considerável dos artigos recuperados se encontrava à venda ao público junto de um espaço comercial”, sublinhou a PSP do Porto.
Autor: Redação/Agência Lusa