twitter

Caminhada noturna e concurso nos 30 anos do Pirilampo Mágico

Caminhada noturna e concurso nos 30 anos do Pirilampo Mágico
Fotografia

Publicado em 05 de maio de 2017, às 15:22

Vera Vaz defende a total inclusão da pessoa com deficiência intelectual e/ou multideficiência

A campanha "Pirilampo Mágico" assinala o seu 30.º aniversário com a realização de um conjunto de iniciativas dirigidas à população em geral tendo em vista sensibilizá-la para a problemática da pessoa com deficiência intelectual e/ou multideficiência, assim como a angariação de fundos para as CERCI (Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos com Incapacidades) de todo o país. "Queremos Voar" é o lema deste ano.

Um dos pontos altos do programa comemorativo realiza-se já amanhã, dia 6 de maio. Trata-se de uma caminhada noturna, com animações diversas, cujo ponto de partida será às 20h00, na Avenida Central. 

Segundo Vera Vaz, da direção da CERCI Braga, esta iniciativa, que vai já na sua quarta edição, tem  contado com uma «grande» adesão por parte da população, pelo que este ano são esperados cerca de dois mil participantes.

As inscrições poderão ser feitas no próprio dia, a partir das 10h00, mediante a compra de um "kit" que inclui um pirilampo mágico, uma t-shirt, um saco e água. O custo é de cinco euros.

A par desta caminhada, a campanha terá como destinatário o público escolar, com a realização de um concurso de construção de pirilampos gigantes. Estes trabalhos estarão em exposição durante a caminhada noturna e os vencedores terão, posteriormente, a oportunidade de participar numa atividade de escalada.

Em paralelo, e como tem sido habitual, decorre até ao dia 28 de maio a venda dos pirilampos mágicos nos diversos espaços aderentes, entre estes os centros comerciais e supermercados dos grupos Sonae e Jerónimo Martins, os hospitais público e privado, a Segurança Social, lojas de comércio tradicional, todas as escolas do concelho e empresas como a Bosch. O preço unitário é de dois euros.

Na apresentação desta campanha, Vera Vaz explicou que o lema escolhido – "Queremos Voar" – está associado ao modelo que a CERCI Braga pretende adotar no âmbito da intervenção junto de pessoas com deficiência e que insiste na ideia da total inclusão e do modelo de vida independente com o qual estas devem trabalhar. 

«A questão do "querer voar" é isso. É as pessoas terem autonomia, serem capacitadas, poderem ter toda a participação cívica que está intrínseca a qualquer cidadão», esclareceu a responsável.

Também presente na conferência de imprensa esteve Sameiro Araújo, vereadora do pelouro do Desporto, Saúde e Bem-Estar e Associativismo da Câmara Municipal de Braga, que destacou todo o trabalho desenvolvido o longo de 30 anos pela campanha "Pirilampo Mágico" e, em concreto, pelas CERCI.

Lembrando que, nos últimos 30 anos, a iniciativa tem conseguido movimentar milhares de pessoas, a responsável considerou que esta constitui «um dos maiores, ou o maior, símbolo de solidariedade social de Portugal». Por isso, apelou à participação dos bracarenses na caminhada.

Já Ângela Araújo, supervisora do McDonald's da Avenida Central, que se associa à causa, revelou ser um «orgulho» apoiar uma  instituição como a CERCI Braga.


Autor: Rita Cunha