twitter

32.º edição dos Encontros da Imagem arranca em setembro

32.º edição dos Encontros da Imagem arranca em setembro
Fotografia

Publicado em 15 de março de 2022, às 10:23

"Common Places" — Lugares Comuns" é o tema explorado.

A 32ª edição dos Encontros da Imagem já tem data marcada, realizando-se entre os dias 16 de setembro e 30 de outubro de 2022, nas cidades de Braga, Barcelos, Guimarães e Porto. Este ano, o foco do festival de fotografia e artes visuais centra-se no tema "Common Places" — Lugares Comuns", contando com exposições, instalações, ciclos de cinema, assim como prémios aos quais podem concorrer artistas de todas as partes do mundo. Trata-se, segundo a organização, de um tema que «normalmente confina a nossa ação, mas, através dos lugares comuns, dissolvemos essas barreiras e criamos espaço para a expansão guiada pelo olhar individual de cada um». «Desde espaços físicos de partilha com o outro, ao lugar mental experienciado individualmente - mas universal na sua ocorrência -, quer sejam fruto da memória geracional, das experiências transversais à condição humana, ou dos acontecimentos vividos em grupo, os "Lugares Comuns" unem muito mais do que separam». «Procuramos encontrar-nos no reflexo da nossa identidade, da nossa cultura e da nossa cultura e da nossa história. A cada passo dado, transformamos o novo no confortável, o desconhecido no familiar. Que caminhos são estes que percorremos em busca do sonho e da felicidade? Lugares Comuns de realização ou de sobrevivência? Como transformamos o que nos rodeia de forma a encontrar a nossa casa? O nosso lugar?», pode ler-se em comunicado. Está ainda aberta a Open Call para os Discovery Awards 2022. As candidaturas estão abertas a partir de hoje e decorrem até ao dia1 de maio. Fotógrafos e artistas visuais de todo o mundo estão convidados a submeter as suaspropostas que reflitam os "lugares comuns". Os finalistas do prémio terão os seus projetos produzidos e expostos no decorrer dos Encontros da Imagem 2022, figurando ainda na publicação resultante. Os projetos finais serão avaliados e selecionados por um júri independente, nacional e internacionalmente reconhecido nas artes visuais.
Autor: Rita Cunha