twitter

Turismo de Portugal destaca contributo do Norte para o crescimento do setor

Turismo de Portugal destaca contributo do Norte para o crescimento do setor
Fotografia DR

Jorge Oliveira

Jornalista

Publicado em 26 de outubro de 2023, às 09:35

Associação Empresarial de Braga promoveu conferência sobre turismo.

O presidente do Turismo de Portugal destacou, ontem, em Braga, o «importante» contributo da região Norte para o crescimento do Turismo em Portugal, setor económico que este ano deverá registar os melhores resultados de sempre.  

Carlos Abade participou na conferência ‘Novas agendas para o turismo - Horizonte 2030’, no Salão Nobre da AEB, onde deu conta dos resultados do setor desde o início do ano até agosto e falou das oportunidades de financiamento para as empresas no âmbito do Portugal 2030 e dos instrumentos financeiros de que o Turismo de Portugal dispõe. «A região Norte tem sido aquela que tem crescido mais no país. Quer o número de dormidas, quer de hóspedes estão a crescer 16, 5 por cento face ao ano de 2002, e os proveitos estão a crescer 22,5 por cento. A região Norte, e Braga incluído, que representa 5 por cento daquilo que é o volume das dormidas de toda a região, tem um papel muito importante para crescimento do turismo nacional e para a economia nacional», salientou o dirigente.

Nos primeiros oito meses deste ano o volume de receitas do turismo em Portugal cresceu 20,9 por cento comparado com o período homólogo do ano passado. Se a trajetória de crescimento se mantiver, o setor fechará o ano com receitas superiores a 24 mil milhões de euros, ou seja, mais 3 mil milhões de euros que em 2022. «Significa um crescimento muito expressivo e também significa uma grande resiliência, uma grande resistência e uma grande capacidade de crescer das empresas do setor do turismo», notou o presidente do Turismo de Portugal.

O responsável destacou ainda a «capacidade tremenda» do turismo alavancar outros setores de atividade como o comércio, transportes, supermercados, mercearias. Para Carlos Abade, o grande desafio que se coloca ao setor é «continuar a crescer bem, com autenticidade, cada vez com mais inteligência, com maior responsabilidade e sustentabilidade» e «fazê-lo em todo o território ao longo de todo o ano».

António Barroso, em representação da Câmara Municipal de Braga, aproveitou a abertura desta conferência para defender o alojamento local, referindo que este negócio «trouxe valor à cidade». O responsável disse ainda que é necessário começar a pensar em ampliar e reforçar a capacidade do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no sentido de captar cada vez mais turistas da América do Norte, da América do Sul, da Ásia, e exigir um reforço de verbas para o Turismo de Portugal do Orçamento de Estado.

Esta conferência, seguida de debate, integrou-se no âmbito da comemoração dos 160 anos da Associação e na Semana do Turismo que a AEB está a dinamizar em parceria com a Câmara de Braga.

O presidente da AEB destacou a importância destes debates para «encontrar as melhores soluções para o crescimento sustentado, coeso e inclusivo» do Turismo. «O futuro deste setor, como de outros, tem de ser devidamente preparado, dinamizado e garantido», sustentou Daniel Vilaça, garantindo que a AEB vai continuar a trabalhar «na sustentabilidade e atração de mais turistas». «Fazêmo-lo com a firme convicção do enorme potencial de crescimento que o turismo de Braga registará nos próximos anos, sem beliscar o bem-estar e qualidade de vida dos cidadãos que nela residem e trabalham», acrescentou.