twitter

Ponte da Barca desafia UMinho a integrar Centro de Monitorização e Investigação do Lima

Ponte da Barca desafia UMinho a integrar Centro de Monitorização e Investigação do Lima
Fotografia

Carla Esteves

Jornalista

Publicado em 24 de outubro de 2023, às 18:08

Município vai também intensificar a parceria com a Escola de Engenharia no futuro Centro de Negócios

O Município de Ponte da Barca desafiou hoje a Universidade do Minho (UMinho) a integrar ativamente o futuro Centro de Monitorização e Investigação do Rio Lima.

Segundo o presidente da Câmara de Ponte da Barca o futuro Centro de Monitorização e Investigação ficará instalado num espaço propriedade da autarquia, situado junto ao Rio Lima, encontrando-se alicerçado no conhecimento e na riqueza patrimonial e ambiental da região da Barca.

«Acho que é muito importante nós falarmos na questão da água, da sua escassez e utilização, sendo o estudo dos recursos hídricos extremamentenecessário», afirmou Augusto Marinho, acrescentando que « apesar do Rio Lima não ter uma extensão muito grande (entra em Ponte da Barca, passa por Ponte de Lima e vai desaguar em Viana do Castelo), ele tem umagrande importância devido às suas dimensões turística e económica, em especial a lampreia.

Para o autarca, é urgente, por isso, « aprofundar o estudo deste rio, e ao mesmo tempo, permitir, que as diversas entidades que fazem a gestão, fiscalização ou têm atividades no rio, possam partilhar informação»

Em resposta, o reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, admitiu que o Centro de Monitorização e Investigação do Rio Lima «poderá ser uma área de atuação que pode também beneficiar  a atividade desenvolvida em torno da Casa do Conhecimento».

  Para Rui Vieira de Castro, a Casa de Conhecimento de Ponte da Barca vem assim complementar uma rede implementada na região, na tentativa de diversificar os polos porque «a riqueza da rede será tanto maior quanto mais forem as entidades participantes forem no seu desenvolvimento».

Parceria com a Escola de Engenharia

A par deste desafio, Augusto Marinho salientou também a vontade do Município de Ponte da Barca de intensificar a parceria já existente com a Escola de Engenharia da Universidade do Minho.

Nese sentido, a Escola de Engenharia terá seu cargo a dinamização de um espaço em concreto inserido no Centro de Negócios de Ponte daBarca , que em breve será inaugurado no Largo da Misericórdia, no centro da vila.