twitter

Hospital de Braga esclarece profissionais e estudantes sobre o tráfico de crianças

Hospital de Braga esclarece profissionais e estudantes sobre o tráfico de crianças
Fotografia DR

Redação

Publicado em 08 de outubro de 2023, às 11:45

A iniciativa visa sensibilizar para a importância da prevenção da problemática

  O Serviço Social e Núcleo Hospitalar de Apoio a Crianças e Jovens em Risco do Hospital de Braga dinamizam amanhã, dia 9, um workshop sobre o tráfico de crianças, nos auditórios do Hospital.

O workshop está programado para receber cerca de 145 participantes.  Dirigida a profissionais e estudantes das áreas da saúde, educação, ação social, justiça, entre outros agentes da comunidade, a iniciativa pretende sensibilizar para a importância da prevenção, identificação e combate ao tráfico de crianças e, simultaneamente, refletir sobre a forma como o sistema de proteção à criança em Portugal responde a esta problemática, enquanto fator determinante na identificação e combate de situações de crianças vítimas de tráfico.

A deteção e sinalização de episódios ou potenciais cenários de tráfico de crianças, e a intervenção dos profissionais ou outros agentes próximos são, geralmente, um desafio para estes elementos.

 Miguel Machado, inspetor da secção regional de combate ao terrorismo e banditismo da Diretoria do Norte, acompanhado de Marta Pereira, coordenadora nacional das respostas de assistência às vítimas de tráfico de seres humanos da APF, centram a sua discussão nos desafios emergentes relacionados com o tráfico de crianças.

  Paulo Guerra, juiz desembargador do Tribunal da Relação de Coimbra, marcará presença, de manhã, para abordar o estado do sistema de proteção em Portugal, como forma de resposta a casos de tráfico de crianças.  A promoção dos direitos e a proteção das crianças ganhou relevo na sociedade, pelo que a intervenção com crianças vítimas de tráfico, para o Serviço Social e Núcleo Hospitalar de Apoio a Crianças Jovens em Risco do Hospital de Braga, é uma das áreas referenciadas como sendo prioritária na comunidade.