twitter

Experiências inspiram crianças e cativam para o lado divertido da ciência

Experiências inspiram crianças e cativam para o lado divertido da ciência
Fotografia DM

Rita Cunha

Jornalista

Publicado em 01 de outubro de 2023, às 15:52

Lançamento do livro “A ciência das coisas” contou com a presença de várias famílias, na 100.ª página.

O jardim da livraria Centésima Página acolheu ontem de manhã a visita de várias famílias que participaram na apresentação do livro “A Ciência das Coisas” e no leque de experiências sugerido e, sobretudo, dirigido aos mais novos, que se mostraram bastante curiosos e divertidos.

O lançamento da obra começou com um enquadramento por parte da responsável pela editora - Suricata -, segundo a qual tudo resulta de «um conjunto de coincidências». «O Carlo [o ilustrador] trabalhou, no Brasil, numa revista chamada “Recreio” que o Bernardo [o autor] comprava. E quando o Bernardo decidiu escrever o livro, o Carlo já vivia em Braga, a terra do Bernardo, e conheceram-se nesta livraria [100.ª Página] já depois do trabalho publicado», referiu.

O autor, Bernardo Albuquerque Nogueira, acrescentou que o livro “A Ciência das Coisas” encontra-se dividido em seis capítulos e destacou alguns deles: “Átomos e Moléculas”, “Estados físicos e soluções” e “Luz”.

Segundo explicou o jovem químico, o objetivo inicial deste livro foi o de «promover o interesse das crianças em descobrir o mundo aos olhos da ciência para que um dia, mais tarde, tenham interesse em fazer outras experiências», assim como «ajudar a integrar conceitos para que depois, na escola, haja maior proximidade aos temas abordados».

O ilustrador, Carlo Giovani, mostrou-se muito entusiasmado por trabalhar neste livro. «Achei o trabalho incrível e este tema da ciência interessa-me muito. As crianças são muito curiosas e é bom que essa curiosidade em relação aos artistas e aos cientistas seja mantida e explorada», disse.

Após uma breve apresentação da obra, as crianças presentes, de várias idades, foram convidadas a participarem em quatro das 18 experiências que o livro sugere. Entre estas, puderam ver como se enche um balão sem soprar, misturando bicarbonato com vinagre, já que libertam dióxido de carbono.

Lápis, canetas, coca-cola e sal foram outros dos ingredientes que os mais novos usaram para elaborar outras experiências que, pelo entusiasmo demonstrado, conquistaram todos os presentes, que não só assistiram como participaram e puderam colocar dúvidas junto do cientista-autor do livro.