Fotografia: Avelino Lima

Braga inclui na educação de base valores da amizade com animais

A Câmara de Braga elegeu uma escola inclusiva para o lançamento do novo programa que inclui a promoção dos valores da amizade com os animais domésticos na formação dos alunos do ensino básico.

Joaquim Martins Fernandes
18 Jan 2023

A Câmara de Braga elegeu uma escola inclusiva para o lançamento do novo programa que inclui a promoção dos valores da amizade com os animais domésticos na formação dos alunos do ensino básico. O projeto “Escola Amiga dos Animais” visa também a sensibilização das comunidades escolares para a adoção responsável de animais abandonados, medida que é extensível às Instituições Particulares de Solidariedade Social.

O Município de Braga arrancou ontem com um novo projeto focado na promoção do bem-estar animal. O programa “Escola Amiga dos Animais” foi lançado pelo pelouro da Política Animal no Jardim Infantil da Quinta das Fontes, em São Vicente, e vai ser alargado a todas as escolas do pré-escolar e do ensino básico do concelho. Associar os cuidados com os animais de companhia a adoções responsáveis é o grande propósito do projeto, que possibilita que cada estabelecimento de ensino possa adotar um animal doméstico, possibilidade que é ainda extensível às IPSS.

«Este é um projeto educativo que visa sensibilizar a população estudantil, desde os mais pequenos aos mais crescidos – para a importância de uma boa relação de amizade com os animais domésticos», disse o vereador Altino Bessa, acrescentando que o programa “Escola Amiga dos Animais” está a ser implementado de forma faseada nas escolas públicas e privadas dos três níveis de ensino do ensino básico.

 

Colocar os alunos a ensinar as famílias

O vereador responsável pelo Pelouro da Política Animal deu conta que as estratégias e os processos de sensibilização serão adaptados a cada nível de ensino. «O grande objetivo é chegar a toda a população escolar [do ensino básico], que, por sua vez, tem um grande efeito multiplicador, uma vez que cada aluno vai fazer chegar esta mensagem à sua família», destacou o autarca.

A grande ambição do programa “Escola Amiga dos Animais” reside em educar os estudantes para a adoção de «melhores cuidados e mais atenção para com os animais de companhia, que não podem ser vistos como um brinquedo que se adota e que depois se deita fora», sublinhou Altino Bessa, dando nota que «acontece muito» as pessoas adotarem animais e depois abandoná-los.

 

Município líder na proteção animal

Combater essa prática e os maus-tratos a animais, a par da promoção de «uma adoção responsável» é também um dos desígnios do programa que a autarquia bracarense lançou ontem no Jardim de Infância da Quinta das Fontes, na freguesia de São Vicente.

Para o autarca bracarense, o novo programa reforça o destaque que o Município de Braga atribui às política de defesa do bem-estar animal. «Peço meças a qualquer município que tenha feito aquilo que nós temos vindo a fazer em diversas áreas, desde o cheque-veterinário ao programa extraordinário de esterilização de animais, que decorre até 28 de fevereiro, passando pelo programa de CED – Captura, Esterilização e Devolução, que envolve várias entidades», disse Altino Bessa, notando que a Câmara de Braga tem duplicado o financiamento dos programas regulares de apoio.





Notícias relacionadas


Scroll Up