Fotografia: António Cotrim/Lusa

Manifestação pela escola pública junta 100 mil pessoas em Lisboa

Os manifestantes, em defesa da escola pública e que pedem a demissão do ministro da Educação, João Costa.

Redação/Lusa
14 Jan 2023

A manifestação de professores que decorre este sábado em Lisboa junta mais de 100 mil pessoas, disse o coordenador nacional do Sindicato de Todos os Profissionais da Educação (STOP), André Pestana.

Os manifestantes, em defesa da escola pública e que pedem a demissão do ministro da Educação, João Costa, concentraram-se este sábado na praça do Marquês de Pombal e iniciaram por volta das 15h15 uma marcha para a Praça do Comércio. A parte da frente da manifestação chegou aos Restauradores, após percorrer a Avenida da Liberdade, depois das 16h15, mas na altura ainda estavam a sair manifestantes da praça do Marques de Pombal.

A oficial da PSP responsável pelo policiamento da iniciativa estimou à Lusa no início da manifestação que estariam presentes mais de 20 mil pessoas.

Questionado pela Lusa, André Pestana precisou que, porque se trata de uma marcha pela escola pública, na manifestação estão não apenas professores mas também auxiliares de educação e alunos. E disse que ainda estão a chegar a Lisboa autocarros com mais manifestantes.

Os manifestantes entoam palavras de ordem como «ministro, escuta, a escola está em luta» e agitam lenços brancos gritando a frase «está na hora de o ministro ir embora». A manifestação, convocada pelo STOP, é a segunda em menos de um mês e foi marcada em defesa da escola pública e contra as propostas de alteração dos concursos.





Notícias relacionadas


Scroll Up