Fotografia: DR

Obras do Parque da Cidade de Esposende devem iniciar-se na primavera e custam dois milhões

Câmara de Esposende enaltece a importância do projeto para a cidade e para o concelho.

Redação
13 Jan 2023

A Câmara Municipal de Esposende aprovou ontem o procedimento para o lançamento do concurso público da empreitada da requalificação da frente urbana do Parque da Cidade de Esposende, arruamento existente a nascente da área do futuro Parque da Cidade. Segundo as previsões da autarquia liderada por Benjamim Pereira, a obra deve iniciar-se ainda antes do verão, tem o preço base de 1.831.157.43 euros e um prazo de execução de 18 meses. Em comunicado enviado ao Diário do Minho, a Câmara Municipal refere que a intervenção corresponde à requalificação do troço compreendido entre o antigo Estaleiro Naval e a ponte D. Luís Filipe, abrangendo assim parte da Avenida Engenheiro Eduardo Arantes e Oliveira e o trecho da Estrada Nacional 13 desde a rotunda da Solidal à denominada ponte de Fão, que inclui um troço da EN 13 agora desclassificado. O texto camarário acrescenta que a intervenção segmenta-se em dois trechos, sendo que o primeiro, que compreende o percurso da Avenida Engenheiro Eduardo Arantes de Oliveira até à rotunda, prevê a continuidade da ciclovia e a calçada de calcário, a completar com um passadiço paralelo integrado no Parque.
[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up