Fotografia: GNR

Homem constituído arguido por furto de matrículas em Cerveira

O arguido tem 20 anos.

21 Nov 2022

O Comando Territorial de Viana do Castelo, através do Posto Territorial de Vila Nova de Cerveira, constituiu arguido, no dia 18 de novembro, um homem de 20 anos por furto de chapas de matrícula, no concelho de Vila Nova de Cerveira. A informação foi avançada pela Guarda Nacional Republicana (GNR) esta segunda-feira.

Em comunicado, a GNR adianta que, «no âmbito de uma ação de fiscalização, os militares da Guarda detetaram que um veículo circulava com chapas de matrícula furtadas, pelo que foi de imediato abordado e fiscalizado». «No decorrer da ação constatou-se que do interior da viatura era evidente um odor intenso a combustível, que era transportado em dois recipientes e que se suspeita ter sido furtado», acrescenta a força de segurança.

No seguimento, foi ainda realizada uma busca ao veículo. No decorrer da mesma, foi apreendida uma viatura, dois recipientes de plástico com combustível, um telemóvel e duas chapas de matrículas.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Valença.





Notícias relacionadas


Scroll Up