Fotografia: Francisco de Assis

Absoluto silêncio e unanimidade no voto de pesar por João Pires

Os deputados mostraram estima por «um homem bom e autarca exemplar».

Francisco de Assis
20 Nov 2022

Poucas pessoas falecidas terão merecido tanto repeito, mas sobretudo tanta estima como aquela que os deputados da Asembleia Municipal de Braga, mostraram na última sessão. O voto de pesar foi apresentado pelo PSD e pelo CDS, mas líderes de outras bancadas fizeram questão de se associar ao momento e o minuto foi de absoluto silêncio, pesar e compenetração por parte de todos os presentes.

É certo que o voto de pesar foi também pela morte do professor Adriano Moreira, académico, humanista, e escritor e antigo líder do CDS, falecido recentemente com 100 anos. No entanto, foi o antigo presidente da União das Freguesias de São Lázaro e São João do Souto que recolheu unanimidade nas palavras e nos atos.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up