Fotografia: DR

Concerto final de Congresso apresenta obra inédita de Joaquim dos Santos

O concerto realiza-se hoje à noite na igreja de S. Paulo, em Braga.

19 Nov 2022

A igreja de S. Paulo, em Braga, recebe hoje, às 21h00, o concerto “Passio et mors Nostri Jesu Christi secundum Lucam”, que marca o encerramento do Congresso Internacional sobre a Problemática dos Seminários Católicos, intitulado “Erguendo os olhos e vendo”, integrado nas comemorações dos 450 anos da fundação do Seminário Conciliar de São Pedro e São Paulo.

É a estreia de uma obra inédita do compositor Joaquim Gonçalves dos Santos (1936-2008), apresentada pela Orquestra e Coro do Distrito de Braga e cinco solistas (Regina Freire – soprano, Rute Simone Flores – contralto, Alberto Vilas Boas – tenor, Tiago Matos – barítono, e Sérgio Ramos – baixo), dirigidos pelo maestro Jan Wierza. «Esta paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo S. Lucas é o culminar de um antigo e lindo sonho por mim acalentado há muito tempo, desde as cerimónias que então se faziam na Sé de Braga, e já lá vão mais de quarenta anos», lê-se numa nota do compositor sobre a obra que acompanha o programa do concerto.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up