Fotografia: DR

Politécnico de Viana do Castelo reforça internacionalização em países estratégicos

O IPVC integra as comitivas portuguesas que se encontram a estreitar relações, no âmbito do PPIN, no Peru e em Cabo Verde.

Redação
18 Nov 2022

Uma delegação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) encontra-se no Peru numa nova missão do projeto Portugal Polytechnics International Network (PPIN), com o intuito de reforçar a sua internacionalização em países considerados estratégicos. A missão conta com a participação dos politécnicos de Bragança, Coimbra, Guarda, Portalegre, Porto e a Escola Superior de Enfermagem de Coimbra e com o apoio do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos. A comitiva do IPVC tem como objetivo «estabelecer parcerias com diversas instituições de ensino (secundárias, profissionais e universidades), com o intuito de captar estudantes daquele país sul-americano. A agenda contempla a visita a vários centros de incubação e desenvolvimento empresariais e aceleradoras de startups ligadas às universidades», revela a instituição, em comunicado. A delegação é composta pelo presidente do IPVC, Carlos Rodrigues, a vice-presidente para a área da internacionalização, Ana Paula Vale, e Hugo Delgado, do gabinete de mobilidade e cooperação internacional.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]
 





Notícias relacionadas


Scroll Up