Fotografia: AGERE

AGERE desafia bracarenses a criar Árvore da Sustentabilidade

São necessárias cerca de quatro mil garrafas para gerar esta obra diferente.

Redação
18 Nov 2022

A AGERE propõe aos bracarenses a criação de uma árvore de Natal diferente do normal. Segundo Rui Morais, presidente da Administração da AGERE, num momento de emergência energética, a empresa apela a que todos  se unam para criar a Árvore da Sustentabilidade.

Cerca de oito metros de altura numa árvore de Natal fabricada apenas por garrafas de plástico, depositadas pelos munícipes de Braga, e que serão recolhidas e trabalhadas para gerar este objeto de simbolismo especial. É esta a proposta da AGERE, que disponibiliza, para isso, um ponto de recolha nas suas instalações, bem como no Braga Parque, nas empresas da região aderentes e em todas as escolas do município.

São necessárias cerca de quatro mil garrafas para gerar esta obra diferente. A Árvore da Sustentabilidade, revela a empresa em comunicado enviado às redações, «obriga a pensar na proteção do planeta, promovendo a circularidade de recursos».

Para Rui Sá Morais, «esta Árvore da Sustentabilidade é a prova de como podemos capitalizar os nossos resíduos, contribuindo para redução de emissões, menor utilização de água, e menos lixo gerado. Este Natal, será um Natal mais Ecológico e Sustentável e apelo a que todos os Bracarenses se juntem a nós». 

«O nosso objetivo é construir uma Árvore de Natal na Praça Conde de Agrolongo, feita a partir de garrafas de plástico, valorizando a reutilização daquelas, e promovendo junto da nossa comunidade os valores da sustentabilidade»», acrescenta.

A solidariedade é a «palavra de ordem» nesta iniciativa que pretende criar um «misto de esperança, tão necessária nestes momentos, mas sempre ligada à época natalícia, ao mesmo tempo de preocupação e cuidado para com o Ambiente e Natureza», conclui a AGERE, na nota enviada ao DM.





Notícias relacionadas


Scroll Up