Fotografia: Google Maps

Socialistas criticam obras em curso na Rua 25 de Abril

A oposição critica a substituição do pavimento em paralelo por calçada em betão. Olga Pereira recorda que o projeto surgiu por iniciativa da população.

Carla Esteves
15 Nov 2022

A bancada socialista criticou, ontem, as obras que se encontram em curso na Rua 25 de abril, em particular a substituição do pavimento em paralelo por calçada em betão, considerando que esta alteração «roça, do ponto de vista estético, entre o feio e o horrível», descaracterizando a arquitetura do centro da cidade. 

Em resposta às críticas a vereadora Olga Pereira recordou que este projeto surgiu por iniciativa da população que, no âmbito do Orçamento Participativo, demonstrou ter várias preocupações com a mobilidade  principalmente nas zonas mais centrais da cidade, e é essa quetsão que está em causa e não uma questão de ordem estética.

Também Ricardo Rio lembrou que estes cidadãos apontaram queixas, em particular, às zonas com equipamentos escolares, em particular a insegurança para a circulação dos peões.

Por isso, para o edil, estas obras têm precisamente como principal objetivo criar condições de segurança para os peões e de abrandamento da velocidade dos veículos.

 «Isso, em alguns casos, obriga à substituição de pisos, até porque o próprio piso era ele também um fato de risco», disse, apontando outros fatores, como a supressão de barreiras urbanas, garantindo uma ampliação dos passeios.

«No resultado final as pessoas vão apreciar e vão perceber o impacto que isso vai ter na circulação nestas zonas. Do ponto de vista estético é algo a que as pessoas terão que se habituar com o tempo», argumentou.





Notícias relacionadas


Scroll Up