Fotografia: Avelino Lima

Jantar solidário da Cruz Vermelha de Braga orientado para a inclusão dos imigrantes

A Associação Empresarial do Minho associa-se a instituição humanitária.

Joaquim Martins Fernandes
15 Nov 2022

Juntar na Grande Nave do Forum Braga 500 participantes individuais e pelo menos 50 empresas. É o grande objetivo da delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa para o Jantar Solidário que vai realizar no dia 19 de novembro, a partir das 20h00. Para alcançar a meta traçada, a instituição presidida por Armando Osório conta com a colaboração da Associação Empresarial do Minho. A parceria de 2022 reedita o projeto lançado em 2021, mas que teve de ser cancelado devido à pandemia.

«Neste que é o primeiro Jantar Solidário no pós-pandemia, vamos dar destaque ao problema das migrações. Não apenas na vertente social e da uma inclusão comunitária de todos os emigrantes, mas também pela sua importância para a economia», disse Armando Osório, destacando o peso crescente que os imigrantes têm nas empresas da região.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up