Fotografia: DM

A Rusga de S. Vicente “desceu” ao Terreiro e centenas de pessoas estiveram a assistir

Os folguedos (danças de roda) abriram a festa, junto à Torre de Menagem, onde se assaram 120 quilos de castanhas e se saltou a fogueira.

Rita Cunha
13 Nov 2022

A tradição voltou a cumprir-se esta tarde, no centro de Braga. A Rusga de S. Vicente – Grupo Etnográfico do Baixo Minho proporcionou junto da Torre de Menagem a 11.ª edição da “Rusga desce ao Terreiro”, que consiste num magusto popular tradicional, com os respetivos folguedos (danças de roda). E foram muitos os que se associaram e houve quem saltasse a fogueira.

Apesar da ameaça de chuva, o calor das chamas e o cheiro de castanhas assadas, intercalados com as músicas e danças típicas da Rusga foram chamando bracarenses e visitantes, que facilmente entraram no espírito. Ao todo, foram assados cerca de 120 quilos de castanhas.

Veja algumas das imagens mais abaixo:

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up