Fotografia: Avelino Lima/DM

Vizela investe na ‘Cidade Natal’ para ajudar famílias e empresas

A Câmara Municipal de Vizela vai centrar as realizações do programa de animação de Natal na dinamização do comércio tradicional e na promoção do convívio entre as famílias.

Joaquim Martins Fernandes
10 Nov 2022

O presidente da Câmara Municipal de Vizela, Victor Hugo Salgado, disse ontem que a realização da campanha de animação de Natal visa «a afirmação da cidade nos planos regional e nacional», a par da «dinamização do comércio tradicional» e da promoção «do convívio entre as famílias» do concelho. 

«A realização do evento “Vizela Cidade Natal 2022 – Um novo natal no Vale” faz ainda mais sentido num período de crise económica, em que é necessário oferecer às famílias momentos de alegria e de confraternização», afirmou Victor Hugo Salgado. O presidente da autarquia vizelense, que falava na conferência de imprensa de apresentação do programa da realização que junta a Câmara Municipal e diversas associações do concelho,  acrescentou que o investimento municipal na campanha natalícia visa ainda «a dinamização da atividade comercial» local.

«Desejo que este evento seja um grande sucesso. Não apenas do Município de Vizela, mas de todas as instituições envolvidas e de todos os munícipes», sublinhou Hugo Salgado, deixando claro que o investimento municipal na “Cidade Natal” «faz ainda mais sentido em tempos de crise e de dificuldades como os que estamos a viver».

Convicto de que o projeto que oferece uma forma diferente de vivência do Natal «é fundamental» para afirmação do concelho de Vizela, o presidente da Câmara Municipal assegurou que será colocado no terreno «um evento de grande qualidade» e «com características distintivas» das realizações similares que vão ocorrer na generalidade dos municípios portugueses.

«Pelo país fora são realizadas várias “cidades de natal”. Mas são poucos os municípios que têm características tão específicas e tão importantes como as que tem “Vizela Cidade Natal” e que se traduz na abertura livre ao público, mas que não se verifica em quase nenhuma outra cidade», destacou. 

Victor Hugo Salgado fez ainda saber que a edição de 2022 da “Cidade de Natal” surge com preocupações energéticas, que se vão traduzir numa utilização racional das iluminações públicas. 

Na edição deste ano, e segundo os números divulgados ontem pela Câmara Municipal de Vizela, a iluminação natalícia das ruas é feita com recursos a dois milhões de lâmpadas “led”.





Notícias relacionadas


Scroll Up