Fotografia: DR

Dívida da Câmara à “Águas de Barcelos” já ultrapassou os 200 milhões de euros

O alerta foi deixado pelo PSD, no balanço ao primeiro ano de governação do município barcelense.

Joaquim Martins Fernandes
9 Nov 2022

As responsabilidades da Câmara Municipal de Barcelos para com a empresa “Águas de Barcelos”, que garante ao concelho a água da rede pública, já ultrapassaram os 200 milhões de euros. São mais 30 milhões de euros que o valor base da condenação judicial que obrigou Município de Barcelos a pagar 170 milhões de euros à sociedade privada, por decisão unilateral do resgate da concessão, assumido no primeiro ano de mandato do socialista Miguel Costa Gomes. Apesar da dimensão da dívida, que já se encontra em fase de execução, o PSD/Barcelos que governa a câmara, afirma que vai ser capaz de concretizar um acordo com os credores até ao final deste ano.

Os sociais-democratas acusaram o executivo do PS de ter ficado «refém da promessa eleitoralistade redução do preço da água em 50 por cento», para depois «adiar, adiar e adiar uma solução» e «perder, perder e perder em tribunal todas as batalhas jurídicas».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up