Fotografia: Diana Carvalho

StartPoint Summit quer ser «solução» para os problemas dos jovens

Iniciativa da AAUMinho decorre até esta quarta-feira.

Diana Carvalho
8 Nov 2022

A Mostra Empresarial da StartPoint Summit 2022, promovida pela Associação Académica da Universidade do Minho (AAUMinho), abriu esta terça-feira. O evento prolonga-se até esta quarta-feira, com o objetivo de ser «uma solução» para um dos problemas dos jovens. 

Com mais de 70 empresas presentes e mais de 600 oportunidades de emprego, a 14.ª edição da StartPoint Summit é alicerçada, avançou o presidente da AAUMinho, Duarte Lopes, na sessão oficial de abertura, em três vertentes. A primeira, especificou, é a formação, «numa lógica de preparar os estudantes para aquilo que nós achamos que é preciso complementar na sua formação académica, principalmente ao nível de skills transversais que é preciso desenvolver», menciona.

Diana Carvalho

Outra vertente é o empreendedorismo, «na lógica de não só proporcionar saídas aos estudantes, mas também dar-lhes a oportunidade de fazerem o seu próprio caminho e criarem a sua própria atividade», explicou Duarte Lopes. A última é a própria ideia de “summit”, ao juntar um elevado leque de empresas com oportunidades de emprego para estudantes da academia ou para qualquer interessado na atividade.

De facto, o pavilhão desportivo da Universidade do Minho tornou-se esta terça-feira palco de uma série de empresas das mais variadas áreas,  entre elas a Accenture, CJR Renewables, Codepoint, Continental, MC Sonae, NTT Data e Vestas que se apresentaram esta terça-feira.

«Isto é a Associação Académica a apresentar-se como uma forma de solução. É uma postura que nos marca, querer fazer sempre parte da solução para aquilo que também acha que são os problemas», concluiu Duarte Lopes.

Também presente na cerimónia de abertura o pró-reitor para a Avaliação Institucional e Projetos Especiais, Guilherme Pereira, destacou o elevado leque de atividades programadas para esta StartPoint Summit. Até esta quarta-feira, vão ser realizadas novas apresentações de empresas, conferências, palestras com empresas, e atividades de “speed mentoring” com ALUMNI da Universidade do Minho que, como frisa o responsável, têm «percursos profissionais relevantes».

O programa esta quarta-feira inclui as sessões “Da ideia ao negócio”, “Mentoring point” e “Pitch final startup your point”.  A StartPoint Summit tem entrada livre a toda a comunidade entre as 9h30 e as 17h00.





Notícias relacionadas


Scroll Up