Fotografia: CM Guimarães

Morreu o antigo presidente da Câmara de Guimarães

Edmundo Marques de Campos foi presidente da Câmara Municipal de Guimarães entre 1977 e 1979.

Diana Carvalho
7 Nov 2022

O antigo presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Edmundo Marques de Campos, morreu esta segunda-feira. A autarquia já prestou as suas condolências, considerando que o antigo autarca «deixou um memorável legado no concelho».

«O presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, apresenta as mais sentidas condolências e manifesta o profundo pesar à família de Edmundo António Ribeiro Marques de Campos pelo seu falecimento, esta segunda-feira, 7 de novembro, deixando um memorável legado no concelho de Guimarães, no mandato que desempenhou como Presidente da Câmara Municipal de Guimarães entre 1977 e 1979», avança o município, em comunicado.

Edmundo Marques de Campos nasceu em Arcos de Valdevez na década de 1930 e mudou-se para Guimarães aos dois meses de idade. Cresceu no seio de uma família que tinha como referencial a memória do avô paterno, o advogado António Marques, que tinha sido vice-presidente da Câmara Municipal, presidida pelo Padre João Oliveira Guimarães, Abade de Tagilde, entre 1905 e 1907.

Estudou no Liceu de Guimarães e iniciou a vida profissional como bancário, tendo atingido funções de gerência da agência de Guimarães do então Banco Português do Atlântico, que exercia em 1975, quando foi convidado para presidir à Comissão Administrativa da Câmara Municipal de Guimarães, na altura das eleições para a Assembleia Constituinte, que decorreram a 25 de abril de 1975.

O Partido Socialista foi o mais votado no município nessas eleições. No entanto, a primeira Comissão Administrativa da Câmara Municipal, presidida pelo advogado José Augusto da Silva e nomeada pelo MDP/CDE, considerou não ter legitimidade eleitoral e solicitou a sua substituição por uma nova Comissão Administrativa a ser indicada pelo PS, que integrou igualmente elementos do Partido Popular Democrático (PPD), a segunda força mais votada. Edmundo Marques de Campos foi escolhido pelo PS, partido em que se filiara, para presidir a essa Comissão Administrativa.

Em dezembro de 1976, Edmundo Marques de Campos foi eleito, como candidato do PS, presidente da Câmara Municipal, para o mandato 1977/1979. Não se recandidatou às eleições de 1979 por opção profissional, tendo regressado às suas funções profissionais de gerente bancário. Em 2015, foi-lhe atribuída a Medalha de Honra do Município de Guimarães, «em sinal de reconhecimento pela ação interventiva e fundamental no desenvolvimento do concelho».

As cerimónias fúnebres realizam-se esta terça-feira, dia 8 de novembro, pelas 16h00, na Capela de Nossa Senhora de Fátima em Areia, Árvore, em Vila do Conde, onde passou a residir na década de 1980.





Notícias relacionadas


Scroll Up