Fotografia: DR

Desafio dos Museus de Famalicão cativa mais de mil investigadores

O Tríptico funciona até 30 de novembro.

6 Nov 2022

Mais de mil investigadores já aventuraram no Desafio Tríptico da Rede de Museus de Vila Nova de Famalicão, desde a abertura da primeira fase no passado mês de maio. Constituído por três etapas, o Desafio Tríptico funciona até dia 30 de novembro, com entrada gratuita e reserva obrigatória.

Tendo como base a história de Júlio, um colecionador obsessivo que é detido tentando roubar o Tríptico “A Vida” após despertar suspeitas pela sua extensa análise aos Museus de Famalicão, o “Desafio Tríptico” arrancou com o escape room “Delírios de um Colecionador”, localizado no parque de estacionamento da Alameda Doutor Francisco Sá Carneiro, junto do Centro Coordenador de Transportes, seguindo-se a segunda fase, que envolveu checkpoints em quatro unidades museológicas famalicenses, entre elas, o Museu Nacional Ferroviário – Núcleo de Lousado, o Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave, a Casa de Camilo e o Museu Bernardino Machado.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up