Fotografia: Avelino Lima

Arcebispo de Braga diz que Seminários são «laboratórios de esperança»

A Arquidiocese assinalou ontem a abertura dos seus Seminários.

Jorge Oliveira
31 Out 2022

O Arcebispo de Braga realçou ontem, na abertura solene dos Seminários Diocesanos, que estas casas de formação não podem estar isoladas ou desligadas das comunidades que as rodeiam, porque elas fazem parte do todo que constitui a Igreja.

«O Seminário é o coração da Diocese, é o lugar onde se formam os padres, mas ele depende também das famílias, das comunidades cristãs, do presbitério. Tem que estar cada vez mais interligado, em rede. Por isso olhámos o Seminário como o laboratório da esperança para o presente e para o futuro», assinalou D. José Cordeiro.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up