Fotografia: DM

“Papas à moda dos vinte” servem-se em Prado até 20 de janeiro

A Confraria Gastronómica das Provas da Feira dos Vinte promove, a partir do dia 1 de novembro e até 20 de janeiro de 2023, dia de S. Sebastião, os domingos gastronómicos das “Papas à Moda dos Vinte” na vila de Prado. Nesta terceira edição há um restaurante aderente novo e também o envolvimento de associações locais.

Jorge Oliveira
30 Out 2022

Ao longo dos próximos 11 domingos, as “Papas à Moda dos Vinte” vão ser servidas em cinco restaurantes da vila de Prado, dos quais um aderente pela primeira vez. O prato será confecionado também por associações locais, que responderam ao repto lançado pela Confraria Gastronómica das Provas da Feira dos Vinte, promotora do evento.

«Nós estamos a incentivar as associações a participar para que haja mais gente a fazer as papas de sarrabulho à moda dos vinte, para além de particulares e restaurantes aderentes. Já temos a confirmação do Agrupamento de Escuteiros e do Rancho Folclórico de Prado», disse o juiz-presidente da Confraria, ontem, na apresentação dos III Domingos Gastronómicos.

Segundo Joaquim Serafim, esta terceira edição irá realizar-se nos moldes habituais, com serviço de refeições prontas para levar para casa e serviço de refeições nos próprios restaurantes.

O evento terá o seu ponto alto no dia 19 de janeiro, véspera da festa de S. Sebastião, com a “noite das provas” que  «reproduz a tradição popular, da ronda pelas tascas e tendas, para a degustação e avaliação das papas de sarrabulho e dos rojões, segundos os critérios de confeção diferenciadores que a confraria pretende defender e divulgar», disse. 

O presidente da Junta de Freguesia da vila de Prado, que esteve na apresentação, garantiu a colocação da habitual tenda gigante fechada no recinto da Feira dos Vinte para a realização de várias atividades, entre as quais provas das papas, a cargo de associações.

Albano Bastos indicou que a Junta de Freguesia ainda não tem concluído o programa da feira dos vinte, mas já deu já como certo a reedição do concurso pecuário e a bênção do gado, iniciada o ano passado, na manhã do dia 20 de janeiro.

Na apresentação destes domingos gastronómicos esteve também a presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Júlia Fernandes, que destacou a importância deste evento para a dinamização económica dos setores da restauração e vinhos nesta região e também para a divulgação de uma feira ligada ao dia de S. Sebastião.  

«É extremamente importante que esta dinâmica se vá transmitindo a todos estes restaurantes, porque é uma forma também de promover este prato típico», acrescentou.

Júlia Fernandes deu os parabéns à Confraria pelo empenho nesta iniciativa e também por ter aprovado a admissão de seis mulheres.

«Embora recente, esta Confraria era muito masculina, mas agora com a entrada de novos elementos , de “caras novas”, é sinal de dinâmica, é sinal que está em pleno movimento, em plena ação, o que também é muito bom para a dinamização deste prato», acrescentou. 

A apresentação deste evento gastronómico, que inclui uma degustação de papas à moda dos vinte e de vinho verde novo, realizou-se pela primeira vez na sede da Confraria, na antiga Escola EB 1/JI de Francelos, Prado, e contou também com a presença de representantes  dos restaurantes aderentes.





Notícias relacionadas


Scroll Up