Fotografia: Município de Famalicão

Simulacro em Famalicão testa resposta a incêncio industrial

Continental Mabor recebeu mais de 200 operacionais num simulacro para testar a operacionalidade de vários planos de emergência.

João Pedro Quesado
29 Out 2022

A Comissão Municipal de Famalicão e a Comissão Distrital de Braga da Proteção Civil testaram esta manhã a capacidade de resposta numa situação de incêndio industrial com um simulacro que na empresa Continental Mabor, em Lousado.

As instalações da fabricante de pneus foram palco do exercício “SEVEX 2022”, que testou, à escala real num âmbito distrital, a resposta numa situação de incêndio industrial com formação de uma nuvem de fumo tóxico.

O exercício exigiu a mobilização de meios e recursos envolvidos nas ações de resposta ao cenário simulado. No total, vai envolveu mais de 200 operacionais de mais de meia centena de entidades, como corporações de bombeiros, INEM, PSP, GNR, Polícia Municipal, Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, entre outras.

De acordo com o Município de Famalicão, o simulacro foi um teste à operacionalidade do Plano de Emergência Externo da Continental Mabor, do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Vila Nova de Famalicão e do Plano Distrital de Emergência de Proteção Civil.

A autarquia explica que o cenário do “SEVEX 2022” foi construído a partir de um eventual incêndio no armazém de produtos químicos, com início na sequência de uma operação de soldadura durante uma atividade programada de manutenção. A combustão provoca a libertação de gases tóxicos para a atmosfera, formando uma nuvem de monóxido de carbono na direção do vento.

O exercício vai ainda ser avaliado pelas autoridades participantes durante a tarde deste sábado.





Notícias relacionadas


Scroll Up