Fotografia: Unsplash

DGS recomenda cuidados devido a poeiras do Norte de África

A qualidade do ar vai apresentar-se fraca esta quinta-feira.

Redação/Lusa
27 Out 2022

A fraca qualidade do ar que se vai registar em Portugal continental esta quinta-feira levou a Direção-Geral da Saúde (DGS) a recomendar cuidados redobrados à população mais vulnerável como crianças e idosos.

Numa nota publicada no seu site, a DGS alerta para a «intrusão de uma massa de ar proveniente dos desertos do Norte de Africa, que transporta poeiras em suspensão e que atravessa Portugal Continental, aumentando as concentrações de partículas inaláveis de origem natural no ar». «Este poluente (partículas inaláveis – PM10) tem efeitos na saúde humana, principalmente na população mais sensível, crianças e idosos, cujos cuidados de saúde devem ser redobrados durante a ocorrência destas situações», adianta a autoridade de saúde.

Deste modo, a DGS aconselha a população mais sensível como os idosos, as crianças, os doentes com os problemas respiratórios crónicos (asma) e pessoas com doenças cardiovasculares a terem cuidados de saúde redobrados como permanecer no interior dos edifícios, de preferência com as janelas fechadas. A autoridade de saúde também aconselha a população em geral a limitar a atividade física ao ar livre, os esforços prolongados e a exposição ao fumo do tabaco, assim como o contacto com produtos irritantes.

Segundo a DGS, os doentes crónicos devem manter os tratamentos médicos em curso. Em caso de agravamento de sintomas, a autoridade de saúde aconselha a contactar a Linha Saúde 24 (808 24 24 24) ou a recorrer a um serviço de saúde.





Notícias relacionadas


Scroll Up