Fotografia: DM

Marinhas. «Vitórias morais não dão pontos e estamos a ficar para trás»

O Marinhas averbou quarta derrota seguida na Pró-Nacional.

José Costa Lima
26 Out 2022

O Marinhas averbou no último domingo a quarta derrota seguida no campeonato, no terreno do Santa Maria (2-0), e continua nos lugares do fundo da Pró-Nacional da AF Braga (série A). No final da partida, o técnico Rui Gramoso foi taxativo quanto à importância de o plantel arregaçar as mangas, ir rapidamente à procura de bons resultados e não se render facilmente, até porque o treinador ainda acredita que é possível terminar nos quatro primeiros lugares na fase regular da competição.

«Entrámos praticamente a perder. A definição e agressividade ofensiva que costumamos ter não a tivemos neste jogo e, num contra-ataque, sofremos o segundo golo. Vitórias morais não nos dão pontos e estamos a ficar para trás. O campeonato é super competitivo, ninguém quer ficar para trás dos quatro primeiros e temos de trabalhar mais. E não é trabalhar por trabalhar, mas aquilo em que consideramos que é mais débil», disse Rui Gramoso ao Diário do Minho.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up