Fotografia: Avelino Lima

TUB propõem redução de tarifários para 2023

Medida é votada na próxima reunião do executivo.

Jorge Oliveira
25 Out 2022

A Câmara de Braga aprecia na próxima sexta-feira, em reunião do executivo, uma proposta dos Transportes Urbanos de Braga (TUB) de redução de tarifários para o próximo ano.

A proposta de tarifário da Administração dos TUB para 2023 que a Câmara de Braga irá votar em reunião do executivo terá um impacto financeiro nas contas da empresa municipal na ordem dos 500 mil euros, revelou hoje o administrador, Teotónio dos Santos

Com esta proposta de tarifário, a empresa de Transportes Urbanos de Braga espera «reter os atuais utilizadores, mas essencialmente captar novos clientes para o transporte coletivo». 

«É uma medida completamente disruptiva capaz de acelerar a transferência modal para o transporte público coletivo em Braga em detrimento da utilização do transporte individual», salientou o administrador na apresentação do novo tarifário dos TUB à imprensa,  no edifício dos Paços do Concelho.

De acordo com a proposta divulgada, o passe normal de 1 coroa, que tem o valor mensal de 18 euros, passará para 14 euros, e o de 2 coroas, que custa atualmente 30 euros mensais, ficará em 28 euros.

O passe de reformado, Cartão Sénior CMB, funcionários do universo municipal e funcionários das juntas de freguesia de 1 coroa, que actualmente tem um valor mensal de 4,60 euros terá um valor de 3,50 euros, enquanto o passe de 2 coroas passará de 8,40 para 7 euros.

O passe de estudante do ensino profissional e portadores do cartão de jovem munícipe de 1 coroa desce de 13,5 euros para 10,50 euros, e o passe de 2 coroas irá baixar dos 22,5 para 21 euros.

Para os estudantes do Ensino Superior, para além do proporcional desconto, os TUB propõem um desconto adicional, ou seja, alargar esse desconto de 25% para 50%, pelo que o valor dos passes de 1 e 2 coroas, actualmente com valor mensal de 13,50  e 22,50 euros, respectivamente, terão, em 2023, o valor mensal de 7 e 14 euros.

Já o passe de acompanhante de deficiente de 1 coroa, que actualmente tem um custo mensal de 9 euros passará para 7 euros, enquanto que o de duas coroas passará de 15 para 14 euros.

Os TUB propõem, ainda, para 2023, equiparar os trabalhadores da Braval e da CIM do Cávado a trabalhadores do Universo Municipal, para efeito de aquisição de títulos de transporte. Assim, o passe de 1 coroa terá para estes trabalhadores o valor mensal de 3,50 euros, enquanto o passe de 2 coroas terá o valor mensal de 7 euros.

De modo a fomentar a mobilidade sustentável, os TUB propõem ainda atribuição do passe escolar gratuito para estudantes até ao 12.º ano, do ensino não profissional, público ou privado, residentes em Braga e que estudem em outros Concelhos. 





Notícias relacionadas


Scroll Up