Fotografia: DM

Guimarães usa gastronomia do Minho para dar escala ao turismo da região

Os caldos e os pratos de carne que valorizam a carta gastronómica do Minho vão estar em destaque no evento entre os dias 4 e 6 de novembro.

Joaquim Martins Fernandes
25 Out 2022

As três Comunidades Intermunicipais (CIM) que reúnem os 24 municípios dos distritos de Braga e Viana do Castelo – CIM do Alto Minho, CIM do Ave e CIM do Cávado – elegeram a cidade de Guimarães para a promoção e valorização dos caldos e dos pratos de carne caraterísticos da gastronomia minhota. A realização, que se inscreve no projeto supramunicipal “Minho Gastronómico”, vai decorrer entre os dias 4 e 6 de novembro no Instituto de Design, no Quarteirão de Couros, que a Câmara Municipal de Guimarães candidatou a Património da Humanidade, na expectativa que a UNESCO coloque a zona da cidade que mais tem sido sujeita a obras de reabilitação urbana ao mesmo nível da Praça de Santiago e do Largo da Oliveira, que são há duas décadas Património Mundial.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho] 





Notícias relacionadas


Scroll Up