Fotografia: DR

Autarquia de Nogueiró e Tenões contra colocação de poste perto do Bom Jesus

O presidente da junta de freguesia diz que se trata de uma situação «não pensada» com «grande impacto no ambiente do local».

Joaquim Fernandes
25 Out 2022

O presidente da Junta da União de Freguesias de Nogueiró e Tenões, em Braga, João Manuel Tinoco, insurgiu com a colocação de um poste de iluminação na via de acesso ao Bom Jesus do Monte, alegando que a decisão tem um impacto visual negativo na paisagem como também nada beneficia a imagem do santuário que a UNESCO elevou à qualidade de Património da Humanidade.

 Em comunicado enviado ao Diário do Minho, João Tinoco afirma que «a E-redes, empresa responsável pela rede eléctrica nacional, instalou no separador central da rodovia [que liga a cidade de Braga ao Bom Jesus do Monte] um poste de enormes dimensões para passagem de uma linha de média tensão, presumivelmente com a anuição das Infraestruturas de Portugal». 

Situação «não pensada» 

Para o autarca trata-se de uma situação «não pensada» e que «provoca um grande impacto no ambiente do local e desfeia a rodovia». Tinoco vai mais longe e sublinha que, «em 57 anos de vida, [a acessibilidade rodoviária] nunca teve no seu coração uma monstruosidade destas».

«Pensamos que outras soluções havia para a resolução desta situação e não era necessário a colocação deste poste de forma desgarrada em local que é preciso preservar a todo o custo, dada a natureza do local e a sua classificação», nota o edil de Nogueiró e Tenões, fazendo saber que «esta estrada está classificada como estrada Nacional 103-3 pela entidade responsável, as Infraestruturas de Portugal, nem sempre é tratada da forma mais conveniente pela entidade responsável, a Infraestruturas de Portugal».

João Manuel Tino recorda que «o Bom Jesus do Monte está classificado como Património da UNESCO» e que «é servido, desde 1965, por uma panorâmica rodovia que dignifica o local de maior afluxo turístico do norte de Portugal».





Notícias relacionadas


Scroll Up