Fotografia: DM

Trabalhadores cristãos querem rejuvenescer movimento e combater precariedade laboral

O Plano de Ação LOC/MTC da Arquidiocese de Braga foi, ontem, debatido e aprovado.

Carla Esteves
23 Out 2022

A Liga Operária Católica – Movimento de Trabalhadores Cristãos – LOC/MTC da Arquidiocese de Braga aprovou, ontem, um plano de ação para 2022/2023 que aponta como principal desafio a expansão e rejuvenescimento do movimento e como grandes prioridades a dignificação do trabalho e o combate à precariedade e aos acidentes laborais.

Durante a Assembleia Diocesana da LOC/MTC foram debatidos problemas atuais como a conciliação do trabalho com a vida familiar, tendo a LOC felicitado as empresas que implementam medidas nesse sentido, promovem o cuidado e o acompanhamento dos filhos e dos idosos.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up