Fotografia: DM

Sucesso na inclusão pela arte dita continuidade do projeto “Há Cultura” em Famalicão

Ao todo, foram desenvolvidos 19 projetos que envolveram 13 entidades artísticas e 874 pessoas, muitas delas vulneráveis.

Rita Cunha
23 Out 2022

O sucesso alcançado com o projeto “Há Cultura”, dinamizado pelo município de Vila Nova de Famalicão desde 2019, vai levar a autarquia a dar-lhe continuidade, reconhecendo assim as vantagens das múltiplas atividades desenvolvidas junto de diversas comunidades, seja ao nível da inclusão como do incremento da democracia através da cultura, não esquecendo a enriquecedora troca de experiências entre público de diversas idades.

A garantia foi deixada pelo presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, ontem, no Teatro Narciso Ferreira, em Riba de Ave, durante o Encontro ‘Arte e Comunidade’, e no qual fez um balanço «muitíssimo postitivo» do projeto, já que permitiu «ganhar mais escala comunitária, envolver muitas pessoas nas várias comunidades de freguesias e trazer públicos que estavam muito afastados da dimensão cultural, nomeadamente os que se sentiam um pouco excluídos».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up