Fotografia: Avelino Lima

Arcos de Valdevez vai criar polo destinado à inovação rural, formação e incubação

Município assina protocolo com a Cooperativa Agrícola, atribuindo aos produtores subsídio de 38 500 euros.

Carla Esteves
20 Out 2022

O presidente da Câmara de Arcos de Valdevez viu, ontem, garantido, por parte do Governo, apoio logístico para a criação de um polo de inovação rural, que funcionará como centro de experimentação de novas tecnologias relacionadas com a agricultura, e em simultâneo, como estrutura de formação, capacitação e incubação de novos projetos. O novo polo funcionará em instalações cedidas pelo Ministério da Agricultura, em Monte Redondo, Arcos de Valdevez, constituindo um exemplo da aliança entre Governo e Município para o desenvolvimento de projetos que servem os agricultores. A luz verde ao pedido de João Manuel Esteves foi dada pelo secretário de Estado da Agricultura, Rui Martinho, que ontem se deslocou aos Arcos de Valdevez para uma sessão de assinatura de protocolos de apoio ao desenvolvimento rural.

Rui Martinho respondeu afirmativamente a este pedido concreto, esclarecendo que o Ministério da Agricultura irá trabalhar com o Município e com os outros promotores, concretizando, em primeiro lugar o desenho do pólo.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up