Fotografia: DM

Ministro valoriza projetos culturais e artísticos de cariz humanitário

Pedro Adão e silva visitou em Braga uma exposição de cinco artistas ucranianas.

Jorge Oliveira
19 Out 2022

O ministro da Cultura enalteceu ontem os projetos culturais e artísticos com vertentes humanitárias e solidárias quando visitava, na zet gallery, em Braga, uma exposição de arte contemporânea de cinco artistas ucranianas no âmbito de um projeto de residência artística.

Pedro Adão e Silva referiu que é muito importante que a capacidade do país de acolher refugiados da Ucrânia também aconteça no domínio artístico, onde «às vezes é mais difícil de encontrar contextos que permitam a integração». Referindo que a Cultura é uma responsabilidade do Estado mas que deve ser partilhada com o poder local e com os privados, o governante lembrou que, desde o início da guerra na Ucrânia, há várias experiências em Portugal de acolhimento de artistas refugiados e agentes culturais daquele país de Leste proporcionadas quer por entidades públicas, quer por privados como é o caso da zet gallery.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up